O Santo Samurai

Olá amiguinhos, tudo bem?

Hoje vamos conhecer a história do Santo Samurai.

Nascido em 1552, foi batizado aos 12 anos de idade, quando seu pai abraçou a fé cristã pela pregação do jesuíta São Francisco Xavier. Sua família preferiu ser expulso do Japão a renunciar a sua fé cristã.

Os Takayama eram membros da classe governante dos senhores feudais que possuíam várias propriedades, tinham direito de formar exércitos e contratar samurais. Seus servos praticavam sua religião, o Cristianismo, sem serem incomodados pelo shoguns (governadores militares) até 1587, ano em que o Japão expulsou os missionários e proibiu o Cristianismo.

A família Takayama se dedicou a ajudar nas atividades missionárias no Japão e a proteger os cristãos e os missionários jesuítas.

Ele entendeu bem a mensagem do evangelho de Jesus, que é a lei da caridade. Foi misericordioso para com seus súditos, ajudou os pobres, deu sustento aos samurais necessitados. Fundou a irmandade da Misericórdia. Visitou os doentes, foi generoso em dar esmolas, enterrava os falecidos que não tinham família. Isso só aumenta nos outros a admiração e o desejo de imitá-lo.

28

 

Takayama Ukon foi beatificado no dia 7 de fevereiro de 2017, em Osaka, no Japão.

Takayama Ukon, rogai pois nós!

↑ topo